Malu Super Mulher

- 11/08/2012 08h00

Logo Malu

Matéria disponível em: http://papofeminino.uol.com.br/mulher/cabelos/tipos-de-cortes-desconectados/

Tipos de cortes desconectados

Cortes irregulares dão mais movimento e balanço aos cabelos, sem perder a naturalidade

Texto: Carol Ferreira

Tipos de cortes desconectados

Foto: Thinkstock/Getty Images

Fios retos deram lugar aos desconectados, que carregam consigo um aspecto moderno, atualizado e jovem. “Eles são os mais pedidos no momento e combinam com todos os estilos de mulher, porque dão leveza aos fios”, explica a hairstylist Meire Carriel, do Lo Studio Panamby. Técnicas diferentes são usadas para criar o efeito. Entenda a diferença de cada uma e veja qual a mais indicada para você:

Perfilado
Esse desconectado é feito na parte da frente, acompanhando o contorno do rosto. Só as pontas são irregulares, dando caimento leve aos fios. Na técnica, o corte é realizado com a ponta da tesoura fio navalha. O resultado é um cabelo com volume e caimento suave. “O perfilado combina com fios finos, justamente para agregar volume”, indica Meire. Finalize com mousse e secador.

Em camadas
O corte em degradê é indicado para diminuir o volume, principalmente em cabelos cacheados. Para fazê-lo, o cabeleireiro eleva os fios a 90º e corta com a tesoura desfiadeira. “Desta maneira, o resultado em camadas é maravilhoso”, avalia a hairstylist. Esse estilo combina com fios mais grossos e cacheados. Na hora de finalizar, use o babyliss para modelar as pontas.

Desfiado
Ideal para cabelos lisos, grossos e com aspecto pesado, esse corte garante leveza, balanço e modernidade ao visual. “São camadas com as pontas mais finas e marcantes. O ideal é que seja todo desfiado com navalha”, diz a profissional. Como dica de finalização, ela sugere uma escova com as pontas modeladas para fora.

Repicado
“É a técnica usada pelos mais conservadores. O corte é feito em camadas também, porém com a tesoura reta, com elevação a 45°, sem muita leveza”, comenta Meire. Combina com fios naturalmente grossos ou alisados. O resultado é um corte em duas camadas. Na hora de finalizar, faça uma escova lisa ou chapinha e use spray de brilho nas pontas.

Texturizado
Esse tipo de corte dá movimento aos cabelos. A textura é trabalhada na parte interna das camadas, deixando os fios com diferentes tamanhos. “Para fazê-lo, pegue mechas no meio do cabelo e use a tesoura de cima para baixo, abrindo e fechando a ponta”, ensina a hairstylist. A técnica é ideal para fios longos e de espessura média. Finalize com cera ou mousse e “amasse” os fios.

Picotado
Esse é um corte com pequenas irregularidades nas pontas. Seu efeito é sutil e indicado para fios grossos e cacheados. O corte tem base reta e o picotado é feito elevando algumas mechas e cortando as extremidades dos fios com a ponta da tesoura. Abuse do leave-in ou óleo de argan para finalizar e destacar o picotado.

Dicas de profissional

A hairstylist Meire Carriel sugere que as mulheres com dúvida ou inseguras para uma mudança mais radical desconectem apenas parte do cabelo, como as pontas ou os fios da frente. “Na hora da coloração, gosto de trabalhar pelo menos com duas cores para ter contraste”, indica.

O desconectado que combina com rosto…
…quadrado: texturizado ou em camadas
…triangular: desfiado a partir da altura do queixo
…oval: combina com todos os tipos de desconectados
…redondo: picotado, desconectando os fios do alto da cabeça para dar impressão de rosto mais alongado e mantendo as pontas mais retas abaixo do queixo

 

Consultoria: Meire Carriel, hairstylist do Lo Studio Panamby, de São Paulo

 

 

Cortes desconectados

 

 

 

Para conferir mais dicas, adquira a revista Cortes Desconectados – já nas bancas!

 

 

 

 

 


** Já curtiu o Facebook da Revista Malu?

IMPRIMIR
  • Compartilhar


Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

* Campos obrigatórios






5 − = 1