Malu Super Mulher

- 25/06/2012 13h25

Logo Malu

Matéria disponível em: http://papofeminino.uol.com.br/mulher/amor-e-sexo/relacionamento-a-distancia-voce-consegue-encarar/

Relacionamento a distância: você consegue encarar?

Psicólogo revela como enfrentar os principais problemas deste tipo de relação

Isabela Zamboni

Relacionamento à distância: você consegue encarar?

Foto: Thinkstock/Getty Images

Relacionamentos a distância acontecem com frequência e podem parecer assustadores no começo. Porém, o casal não precisa se separar ou sofrer com a separação momentânea. Existem diversas maneiras de encarar a situação com maturidade e sem grandes problemas. O psicólogo Alexandre Bez, especializado em relacionamentos, dá algumas dicas para quem ainda não se acostumou com a ideia de viver longe do amado:

Chegou a hora

Na hora da separação, é importante manter a calma e a razão. “A melhor maneira de lidar com esses casos é justamente não criar ilusões e fantasias do que pode acontecer”, conta o especialista. “Ter uma boa conversa ajuda muito a tomar a decisão de como a situação vai ficar, se eles vão ainda continuar ou não. Essa é a resposta-chave”, complementa.

Mantendo contato

Para matar a saudade e não sofrer tanto com a distância, as redes sociais e os chats online servem para amenizar o problema. “É bom estar sempre presente nas redes sociais. Por exemplo, se comunicar pelo skype, que é gratuito e dá para conversar por vídeo”, diz Alexandre. Para o relacionamento não esfriar com o tempo, o psicólogo aconselha: “Mostrar saudade e interesse nas conversas é imprescindível. Também não criar situações que despertem ciúmes ou que gerem insegurança”.

Insegurança

Sentir-se insegura e desconfiada no começo é normal, mas isso deve ser amenizado e evitado com o tempo e o diálogo entre o casal. “A insegurança é perfeitamente normal nesta situação. Na medida em que o tempo avançar, ela tende a diminuir, principalmente quando o envolvido mostra uma maturidade em seu comportamento”, aponta o especialista. “A segurança é um componente interno que se apresenta de acordo com a personalidade de cada um. Embora ela tenha que partir do meio interno, algumas mulheres associam à qualidade de seu relacionamento. Nesse caso, os homens que se mostram mais focados no relacionamento passam mais segurança”.

Tudo ou nada

De acordo com o psicólogo, o tempo resolve tudo – ou o relacionamento ganha força ou tende a acabar de uma vez. “É importante saber que nesse tipo de relação é preciso um certo tempo para que ela se sustente. Após este período, ou ela acaba ou se solidifica de vez. Para um relacionamento a distância dar certo, o amor entre o casal, a confiança e outras características virtuosas devem estar rigorosamente presentes”, completa.

 

Consultoria: Alexandre Bez, psicólogo, especializado em relacionamentos


** Já curtiu o Facebook da Revista Malu?

IMPRIMIR
  • Compartilhar


Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. hailton disse:

    eu procuro uma mulher companheira

  2. Regiane Aparecida Ba disse:

    Eu procuro um cmpanheiro que esteja sempre ao meu lado, me aceite do jeito que sou. gosto de dá carinho e receber carinhos

* Campos obrigatórios






+ 3 = 4