19/11/2013 14h10

Logo Guia da TV

Matéria disponível em: http://papofeminino.uol.com.br/famosos/especiais/mateus-solano-coleciona-papeis-polemicos-na-carreira-relembre-os-principais-trabalhos-do-ator/

Relembre os principais trabalhos da carreira de Mateus Solano

O ator conquistou de vez o público como o Félix, de "Amor à Vida"

Por Redação Papo Feminino

Brasiliense criado no Rio de Janeiro, Mateus Solano coleciona trabalhos polêmicos e desafiadores. Depois de morar em Washington (EUA) e Lisboa, em Portugal, o ator voltou ao Brasil onde começou a se dedicar à carreira.

Em seus primeiros anos na TV, Mateus Solano participou de várias novelas e minisséries, como Linha Direta, Um Só Coração, A Diarista, Paraíso Tropical e Pé na Jaca. Mas o primeiro papel de destaque veio em 2009, na minissérie Maysa – Quando Fala o Coração. Relembre alguns dos papeis mais recentes e marcantes do ator:

  • Foto: Renato Rocha Miranda/TV Globo

    Maysa – Quando Fala o Coração (2009): na minissérie, Solano viveu o compositor Ronaldo Bôscoli, com quem Maysa viveu um breve romance na vida real. A relação deles era como de cão e gato. Isso realmente aconteceu. As pessoas falam que eles brigavam muito”, revela o ator sobre o papel.  

  • Foto: Renato Rocha Miranda/TV Globo

    Viver a Vida (2009): em seu primeiro papel como protagonista, Mateus Solano encarou o desafio de viver dois personagens em uma mesma novela – os gêmeos Jorge e Miguel. Enquanto um era sério e sisudo, o outro era despojado. Na novela, os dois irmãos viviam trocando farpas.

  • Foto: Estevam Avellar/TV Globo

    Morde & Assopra (2011): o cientista Ícaro, de Morde & Assopra era desajeitado e sem muito senso de estilo. Mas depois de se encantar pela mau-caráter Naomi (Flávia Alessandra), decide mudar completamente o visual. O amor foi tão grande que ele até viajou para o Japão para tentar descobrir um robô que recriasse a amada. Entre idas, vindas e mentiras, Ícaro perdoa as falcatruas de Naomi.

  • Foto: Estevam Avellar/TV Globo

    A Mulher Invisível (2011): na minissérie, Solano viveu o tímido Frederico, um homem que era apaixonado por Clarice (Débora Falabella) desde a época da escola. Para manter seu amor aceso, Frederico cria uma figura imaginária da amada.

  • Foto: Reprodução

    A novela das 8 (2011): o longa gerou polêmica e muito destaque para Mateus Solano, que protagonizou um beijo gay. O filme se passa na época da ditadura e mostra diferentes personagens lidando com seus dramas. Solano vive João Paulo, um jovem que descobre ser homossexual. Sobre o beijo gay, o ator revelou: “Achei importante tocar nessa questão como um fato que existe muito antes de a sociedade existir. É importante ter um homossexual que não é estereotipado, você vê a beleza do desejo entre dois homens. É uma cena muito viril, tem muita testosterona ali”.  

  • Foto: Estevam Avellar/TV Globo

    Gabriela (2012): o ator arrancou suspiros das mais românticas na pele do valente Mundinho Falcão. Recém chegado a Ilhéus, o político se encanta por Gerusa, neta do coronel Ramiro Bastos. Os dois vivem em conflito por causa da audácia de Mundinho e por sua paixão por Gerusa, que é proibida pelo avô.

  • Foto: Ique Esteves/TV Globo

    As Brasileiras (2012): no episódio “A vidente de Diamantina”, Mateus vive o professor universitário Heitor, que dá em cima de Clara (Bruna Linzmeyer). Só que a garota é vidente, e ao dar o primeiro beijo em Heitor, tem uma visão dele com uma arma tentando matá-la. Confusão armada.

  • Foto: Raphel Dias/TV Globo

    Amor à Vida (2013): o vilão Félix tem chamado atenção na nova novela das nove. Ambicioso, desonesto e invejoso, o médico não aceita dividir a atenção e a herança dos pais com a irmã Paloma (Paolla Oliveira), e faz de tudo para prejudicá-la por baixo dos panos. É casado e tem um filho, mas não esconde sua atração por outros homens. 


** Já curtiu o Facebook da Revista Guia da TV?

  • Compartilhar


   

Os comentários não representam a opinião deste site; a responsabilidade é do autor da mensagem.